Óleo Essencial de Gengibre
  • gengibre_10ml

Óleo Essencial de Gengibre

R$57,80R$335,80

Limpar Seleção
REF: 704 Categorias ,
000
Nome do Produto: Óleo essencial de gengibre
Nome em Inglês: Ginger essential oil
Nome Científico: Zingiber officinale
Número de Registro na ANVISA: 25351.436376/2017-37
Código de Barras: 789845269 462 4
Origem: Índia
Método de extração: Arraste de vapor dos rizomas
Descrição: Líquido amarelo a marrom, de odor característico
Principais componentes: Zingerona (zingerone)
   Zingerona

 

Escrito por Wagner Azambuja

Gengibre

O gengibre (Zingiber officinale) é uma planta herbácea da família Zingiberaceae que tem sido utilizada no oriente há mais de 2.000 anos. Apresenta de 0,30 m a 1,20 m de altura, folhas lineares a lanceoladas, com 28 cm de comprimento e 3 cm de largura, e flores vistosas, numerosas, bissexuadas e verde-amareladas. No Brasil, foi introduzido durante a invasão holandesa, devido a permuta de plantas, e hoje é facilmente encontrado na faixa litorânea do Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná e no sul de São Paulo. Na medicina popular, é empregado no tratamento de asma, bronquite, amigdalite, rouquidão, tosse e como afrodisíaco em alguns países.

Óleo Essencial de Gengibre

Do rizoma do gengibre (aquela parte comestível conhecida por todos nós), é possível extrair dois produtos importantes, a oleoresina e o óleo essencial. A oleoresina é obtida a partir do pó do rizoma, com solventes tipo etanol, acetona e tricloroetano, e apresenta-se na forma de um líquido viscoso de coloração castanho-escura, contendo diversas substâncias arrastadas pelos solventes, além de óleo essencial e ácidos graxos. Já o óleo essencial de gengibre, por sua vez, é obtido por arraste de vapor dos rizomas fatiados ou moídos. Seu rendimento é baixo, geralmente inferior a 3%, e apresenta os seguintes elementos na sua composição: canfeno, felandreno, 1,8-cineol, geranial, zingibereno, zingerona, dentre outros. Mais leve do que a água, ele também possui coloração escura (castanho), mas apresenta um intrigante aroma doce-apimentado – que, aliás, é o principal responsável pelo seu emprego nas indústrias de fragrâncias e de alimentos. Nos perfumes, ele confere “calor” (mas sem agressividade) às notas cítricas, picantes e de coníferas, onde está presente, por exemplo, no 212 MEN (1999), de Carolina Herrera, AMIR SLAMA (2012), de Phebo, ARMANI CODE SPORT (2011), de Armani e vários outros. Já nos alimentos, ele atua como flavorizante, também promovendo “calor”. Ainda, o óleo de gengibre é indicado para o tratamento de dores na coluna e articulações, cólicas estomacais, gripes e resfriados. É comum utilizá-lo em conjunto com os óleos de laranja e limão (1 gota dos óleos de gengibre, laranja e limão em 10 mL de óleo de andiroba) para massagear articulações afetadas pela artrite ou reumatismo. Por fim, por estimular a circulação, também é um dos óleos mais empregados em blends afrodisíacos, especialmente no Japão.

leia-mais

 Conteúdo relacionado:

Óleo essencial de gengibre
Óleos essenciais afrodisíacos
Óleos essenciais para os cabelos
O que são óleos essenciais?
Yin yang e a aromaterapia

 

Óleo Essencial de Gengibre (ou Ginger) – de propriedades digestivas, afrodisíacas e expectorantes. Parte da planta utilizada: rizomas.

Informação Adicional

Peso 300 g
Dimensões 10 x 10 x 10 cm
Conteúdo

100ML, 10ML