Óleo Essencial de Palmarosa
  • Palmarosa

Óleo Essencial de Palmarosa

R$43,70R$368,90

Limpar Seleção
REF: 653 Categorias ,
000
Nome do Produto: Óleo essencial de palmarosa
Nome em Inglês: Palmarosa essential oil
Nome Científico: Cymbopogon martinii
Origem: Brasil
Método de extração: Arraste de vapor das folhas
Descrição: Líquido amarelo, de odor rosa, floral e doce
Principais componentes: Geraniol
Geraniol

 

Escrito por Wagner Azambuja

Palmarosa

A palmarosa (Cymbopogon martinii) é uma planta nativa da Índia que pertence a família Poaceae (das gramíneas), gênero que possui aproximadamente 100 espécies encontradas em vários países tropicais. Cultivada em diferentes partes do mundo, trata-se de uma planta estolonífera que pode atingir até 2 metros de altura, com raízes fasciculadas, abundantes, alongadas e de coloração pardo-escuras. Seus colmos são alongados, finos, numerosos, semi-eretos e verde claros e suas folhas são alternas, estreitas e possuem ápice agudo. É uma planta resistente a seca, apresenta certa tolerância a condições de salinidade, no entanto, é sensível a geadas, a umidades e baixas temperaturas.

Óleo Essencial de Palmarosa

O óleo essencial de palmarosa é um líquido amarelado produzido em países como Indonésia, Brasil, Paquistão e Índia. Por arraste de vapor, seu rendimento médio é de aproximadamente 1%, e, ao contrário de outros óleos de plantas pertencentes ao gênero Cymbopogon, como capim-limão, citronela, ele apresenta um doce e agradável cheirinho de rosas. Por esta razão, destaca-se como matéria-prima para a fabricação de fragrâncias e perfumes, afinal, ele é capaz de proporcionar “firmeza” às notas florais com muita versatilidade. Compõe, por exemplo, as notas de saída do perfume Adriane Galisteu, lançado pela Jequiti em 2012. Em algumas situações, inclusive, ele acaba sendo uma alternativa para substituir o autêntico e caro óleo de rosas, bem como na sua adulteração.

Além disto, o óleo essencial de palmarosa é bastante utilizado por vários outros mercados. Em estudos, ele demonstrou inibir totalmente a germinação de esporos de Botrytis cinerea, o fungo responsável pela “podridão cinzenta” e que ataca diversos tipos de frutas durante a fase final do processo maturativo. Também demonstra eficácia, mesmo em baixas concentrações (0,1%), contra espécies de Saccharomyces cerevisiae, uma levedura bastante explorada pela indústria em processos fermentativos, mas que pode trazer problemas em alguns casos; como por exemplo, de indivíduos imunossuprimidos por ela infectados. Por estes indícios, este óleo também é indicado – principalmente na aromaterapia, como um agente anti séptico. Afirma-se, ainda, que o óleo de palmarosa é muito valioso para os cuidados com a pele, especialmente se diluído em óleo de rosa-mosqueta, pois ele hidrata e estimula a pele, além de possuir ação calmante e refrescante. É indicado, portanto, para peles secas, envelhecidas e enrugadas. Por fim, no âmbito emocional, ele ainda auxilia em casos de estresse e irritabilidade e também demonstra um efeito levemente afrodisíaco.

leia-mais

 Conteúdo relacionado:

Óleo essencial de palmarosa
Extração de óleos essenciais: arraste de vapor
Geraniol
Notas róseas, com geraniol
Óleos essenciais afrodisíacos

 

Óleo Essencial de Palmarosa – de propriedades antivirais, vermífugas e estimulantes do sistema digestivo e circulatório. Parte da planta utilizada: capins.

Informação Adicional

Peso 300 g
Dimensões 10 x 10 x 10 cm
Conteúdo

100ML, 10ML